Confira: Dicas e técnicas de memorização para concurseiros!

Confira: Dicas e técnicas de memorização para concurseiros!

Estudar para concurso, significa ter que guardar uma quantidade enorme de conteúdo na memória, sendo que muitas vezes, além das matérias de conhecimento gerais, que são mais fáceis de assimilar, é necessário decorar diversas leis e procedimentos específicos de cada órgão.

No entanto, apesar do afinco em estudar, grande parte das pessoas tem dificuldade em guardar o conteúdo com precisão. Apesar de existirem ótimas técnicas de memorização, antes de qualquer coisa, é necessário entender se a forma que você está estudando está correta, já que caso contrário, você apenas lê um monte de conteúdo, mais não vai assimilar o conteúdo.

Assim, visando tentar ajudar pessoas que possuem essa dificuldade e para proporcionar um melhor rendimento do seu estudo, preparamos algumas dicas e técnicas de memorização para concursos:

Primeiramente, se prepare para estudar. E nessa preparação, inclua:

Ambiente – procure um lugar adequado para estudar, sendo que é importante que este local tenha uma mesa e cadeira (camas e sofás, tendem a fazer você ficar relaxado demais), além disso, é importante que seja organizado, sem muito barulho e também, com uma boa iluminação, para não cansar demasiadamente a sua visão.

Prepare o seu cérebro: para isso seu cérebro precisa de uma rotina, com um plano de estudos montado para uma determinada hora, automaticamente ele vai entender que precisa focar melhor naquela hora, além disso, tente não pensar em outros problemas, esvazie a cabeça. Para ajudar nesse processo, é importante se livrar de distrações, como o celular.

Veja também: 7 Erros na hora de Estudar para Concursos! Você comete?

Esteja bem com o seu corpo: muita gente confunde estudo para concurso com sacrifício, mas isso é um mito gigantesco. Pessoas doentes, com fome ou com sono, não produzem nada, você estará apenas passando folhas sem gravar nada.  Além disso, no que se refere ao sono, todo mundo sabe que ele fundamental para o nosso processo de aprendizagem.

Repetição: essa técnica não tem segredo, mas é extremamente eficaz. Veja bem, que como repetição não estamos falando em ler o mesmo texto várias vezes, mas sim realizar o máximo de testes e simulados. Você vai observar que a mesma pergunta se repete em diversos processos com uma descrição diferente, chega uma hora que de tanto ver você realmente decora o que diz a questão.

Resumos: todo o conteúdo programático de concursos é muito extenso, ao realizar resumos você facilita a quantidade de material a ser estudado, além do que quando você escreve você fixa melhor o conteúdo. É importante frisar, que somente realizar marcações não tem o mesmo efeito para memorização que escrever.

Associações, vínculos e acrônimos: essas técnicas são muito eficientes para gravar conteúdos específicos e mais curtos, como por exemplo, datas, número de lei ou conceitos simples, se não se torna impossível estudar dessa forma. Uma dica bem legal é usar essas técnicas dentro de um resumo, o conteúdo já vai estar reduzido e com pontos principais, sendo mais fácil de associar.

Contudo, é importante ter em mente que cada pessoa é de uma forma e ás vezes, uma técnica funciona muito bem como uma pessoa e com outra não, assim, para ter certeza da eficácia, teste qual método melhor se encaixa com o seu perfil.

ARTIGOS RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Facebook Comments